Vestido Kimberly / A Kimberly dress review

Olá olá!!

A designer Athina Kakou tem um novo molde de vestido, o Kimberly dress, e pediu a algumas pessoas na comunidade de costureiros amadores para o testarem e eu tive a sorte de ser convidada a deixar a minha opinião sobre o molde.

O vestido Kimberly dress tem uma silhueta clássica muito bonita, com uma saia meio-godé e um decote em V arredondado, com a opção de adicionar manga curta ou longa e bolsos. Não tenho muitos vestidos de Inverno e achei que era uma óptima opção para ter um novo vestido para a noite de Ano Novo.

A saia pode ser costurada com ou sem um painel horizontal em baixo, que foi determinante na minha escolha de tecido. Quando vi este tecido com um painel de cor diferente na Feira dos tecidos, achei que seria perfeito para o tecido. Acho que a tela é um neoprene muito fininho ou um piquet com uma textura quase imperceptível, a etiqueta dizia apenas viscose, mas nada tem a ver com os tecidos de viscose clássicos. É muito mais espesso, e ao costurar com uma agulha normal falhava o ponto. Tive que mudar para uma agulha stretch, embora o tecido tenha muito pouca elasticidade – o que para mim indica que a tecelagem será distinta da tecelagem plana tradicional.

Para o meu tamanho (14) o molde recomendava 3,2m de tecido, eu comprei apenas 3 – por isso é possível poupar um pouquinho – mas eu cortei os painéis da saia na perpendicular ao fio do tecido e encurtei quer a manga, quer a saia (não sou propriamente fã de me ver com saias midi).

Eu cortei o tamano 12 no peito, ombros e manga, e fiz um ajuste para o meu tamanho de peito (FBA em inglês). A designer fez o molde para uma copa C, por isso provavelmente deveria ter partido do tamanho 14 antes do ajuste, ou pelo menos um tamanho entre o 12 e o 14, pois está um nadinha apertado entre as omoplatas. Também retirei um pouquinho de comprimento no centro das costas, mantendo o comprimento dos lados, e ajustei o ombro um nadinha para a frente.

Acerca das instruções: são bastante boas, simples com esquemas bem ilustrativos. Existem alguns pontinhos que acrescentaria, para ajudar o costureiro com menos experiência, tais como: convém adicionar tiras de entretela nas margens de costura do zíper e dos bolsos, e convém fazer um pesponto de reforço entre as margens de costura e os bolsos e também nas vistas do decote. Estes pespontos de reforço que apanham só as margens de costura, e não o exterior da peça ajuda a manter as vistas no interior do decote, e no caso dos bolsos evita que o tecido esbeice com o peso das mãos.

A designer aconselha que deixe a saia pendurada por uns dias, para permitir que o tecido cortado em viés estique e caia, mas se for necessário depois ajustar o comprimento da saia para a igualar convém medir e perceber se terão que fazer algum ajuste aos painéis antes de os costurar. Mais um promenorzinho – não há instruções para fazer uns passadores para o cinto. 🤔

Gostei muito de fazer o vestido Kimberly, vou sentir-me linda e maravilhosa e pronta para a entrada do Novo Ano.

Boas festas!!

Hi guys!!

Athina Kakou released a new dress pattern, the Kimberly dress, and asked a few people in the hobby sewing community to try it out and review it, and I was lucky to have been chosen.

The Kimberly dress has a beautiful, classic silhouette with a half circle skirt, a soft V-neck and optional long sleeves and pockets. I haven’t sewn that many classic style fit and flare dresses, specially not with long sleeves and I thought it would be fun to try it out and have a new dress for the New year’s eve.

The Kimberly has an optional panel at the bottom which took a big part in my choice of fabric. When I saw the border print at the local fabric store I thought it would be perfect for it. The fabric looks to me like a thin scuba, or maybe a very small piqué, the label only said viscose, but is far thicker than the traditional viscose challis. I couldn’t sew it with a regular needle and had to swap for a stretch needle, even though the fabric doesn’t have that much stretch at all – this to me means that the weave is a bit different than the plain one.


For my size (14) the pattern recommended 3,2m of fabric, I only got 3, so you can save a bit – but beware that I changed the direction of cutting for the bottom panels, and shortened both the sleeves and the skirt (I don’t really like midi lengths on me).

I cut a size 12 at the bust, shoulder and sleeve and made an FBA, and a 14 everywhere else. Athina drafts for a C cup, so I probably should have started from the 14, or at least an half size in between 12 and 14 because it is an insy bit tight at the cross back. I also shortened at the center back, tapering to nothing at the sides, and made a front shoulder adjustment.

About the instructions: they are pretty good, simple with effective illustrations. There are few spots where I’d add to the instruction, to help those with less experience – such as add strips of interfacing to the zipper and pockets seam allowances, and understitch your pocket openings and neckline facings to help with keeping them on the inside. Understitching your pocket openings will also prevent the fabric stretching out at that spot with your hand weight.

Athina does tell you to let your skirt hang for the bias to stretch out, before sewing the panel, but if you make any adjustments you should recheck your panel width – you might also need to adjust it. Another tiny detail – there are no belt loops in the pattern. 🤔

I really enjoyed making the Kimberly dress, I will feel totally stylish in the New year’s eve.

Happy holidays!!

Advertisements

3 thoughts on “Vestido Kimberly / A Kimberly dress review

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s